A tradução exige além de conhecimento linguísticos e compreensão do conteúdo, técnicas e atenção. No entanto, apesar de ser uma tradução profissional, é comum encontrar erros. E no post de hoje iremos mostrar os 5 erros mais comuns na tradução juramentada.

 

Erros de sintaxe e gramática na tradução

É fundamental interpretar o contexto e analisar as complexidades de cada termo.

A sintaxe e gramática são únicas independentemente do idioma, e na hora da tradução, os tradutores devem ter em mente as questões de concordância, sujeito-objeto-verbo, construção da frase e diferenças de grafia.

Pode acontecer das diferenças regionais alterarem a forma como a gramática e a sintaxes funciona, e um exemplo disso é a diferença da língua inglesa falada nos Estados Unidos para ela falada no Reino Unido.

Geralmente, os tradutores cometem esses erros porque não possuem um conhecimento profundo sobre a sintaxe e gramática do idioma específico no qual ele está traduzindo.

 

Erros de tradução

Se o profissional traduzir uma frase incorretamente, isso é equivalente a um erro de tradução, e acontece por falta de atenção ou conhecimento do tradutor. Como falamos anteriormente, as diferenças regionais devem ser consideradas durante a tradução.

Um exemplo é escrever “bonde” para “trem”, caso o país não tenha bonde, isso com certeza será enganoso e irá comprometer a tradução.

Erros de tradução podem ser resultado de ignorância do tradutor, juntamente com a falta de pesquisa.

 

Inconsistência na tradução

Diversas situações podem levar inconsistência no documento traduzido, tais como: uso de gírias, jargões, colocação errada de palavras e uso improprio de tom.

Se o documento que estiver sendo traduzido for uma tradução juramentada, ela exigira uma linguagem técnica, portanto, as palavras devem ser formais e profissionais.

Tom e linguagem coloquial não devem de forma alguma serem usadas na tradução, muito menos no caso de tradução juramentada de documentos.

Tradutores sem experiencia podem acabar alternando entre os tons usados, o que irá levar erros durante a leitura do material. E tudo isso acaba acontecendo também, se o tradutor não estiver atento e for descuidado ao revisar e escrever.

Palavras únicas em um idioma

Algumas palavras não possuem igualdade em outros idiomas, como por exemplo a palavra “Yūgen” usada pelos japoneses que significa “um sentido profundo e misterioso da beleza do universo e da triste beleza do sofrimento humano”. Não há uma palavra equivalente a essa em português.

Se o tradutor não levar em consideração essas diferenças, ele pode acabar colocando palavras erradas em lugares errados, e além disso gerar uma confusão, irá prejudicar a qualidade do documento traduzido.

Não olhar as unidades de medida

Não traduzir as unidades de medida é um erro muito comum. Por exemplo, nos EUA e no Reino Unido, as unidades de distância são milhas, já em outros países são quilômetros.

É essencial ficar atento às preferências do público-alvo e fazer as conversões necessárias em unidades de medida, porque eles podem não saber quantos gramas tem em uma libra ou quantos centímetros tem uma polegada.

 

Certos erros podem ser cruciais, como em 1999, quando os técnicos da NASA não realizaram uma conversão correta e precisa, que resultou na queda da sonda “Mars Climate”.

 

Como reduzir erros de tradução juramentada?

Existem alguns passos para seguir, a fim de reduzir os erros de tradução juramentada em documentos, confira:

1 – Preste atenção às nuances da linguagem

O que pode ajudar os tradutores na tradução é compreender as diferenças de sintaxe e gramática entre os idiomas, isso evitará erros gramaticais e ortográficos simples.

Além disso, recomenda-se não fazer o uso de traduções literais, isso irá preservar a integridade do trabalho.

 

2 – Faça uma ampla pesquisa

Estudar a gramática vai muito além do padrão, então leia livros, escute arquivos de áudio, veja vídeos, e observe a linguagem corporal.

Isso irá ajudar a compreender as palavras, frases e seus significados de como cada idioma é usado em cada país.

 

3 – Faça uma revisão

Revisar o documento diversas vezes, contribui para a identificação de possíveis erros de gramática, ortografia ou inconsistência na tradução.

 

4 – Use ferramentas de tradução

Atualmente temos muitas tecnologias, então não há problema em usar ferramentas como verificador ortográfico, ferramentas CAT etc., elas podem te ajudar a identificar os erros rapidamente.

 

5 – Conte com um especialista da área

Contar com um especialista e profissional na área de tradução juramentada, é a melhor forma de não cometer erros na tradução, ou identificá-los rapidamente.

 

Onde posso encontrar um tradutor juramentado?

Como lido no post, fazer uma tradução, ou tradução juramentada de qualquer documento requer muita atenção, então é recomendável contar com a ajuda de uma empresa especializada em tradução.

A 4doc é uma empresa de tradução & Apostila de Haia e possui em sua equipe uma seleção de tradutores que podem traduzir seus documentos em diversos idiomas. Entre em contato e solicite seu orçamento.

Compartilhe: