Morar e estudar no exterior é o sonho de muitos brasileiros.

As oportunidades que os países mais desenvolvidos apresentam são um chamativo para que tanto jovens quanto os mais velhos vejam outros locais como oportunidades de uma vida melhor.

Existem inúmeras possibilidades para que um estrangeiro entre legalmente em outro país. Mas é importante sempre lembrar que cada lugar possui regras específicas e elas devem ser cumpridas.

Visando o detalhamento dos caminhos necessários para morar e estudar no exterior de forma legal. O presente artigo irá apresentar os cinco passos indispensáveis para quem está em busca da realização desse sonho.

 

Morar e estudar no exterior: modelos de programas estudantis existentes

 Se você fizer uma busca rápida na web, vai encontrar uma infinidade de cursos disponíveis para que brasileiros possam estudar no exterior. As oportunidades apresentadas são para vários países.

Cada tipo possui um prazo e, consequentemente, regras para que o estudante possa entrar e ficar legalmente no país escolhido. Independentemente da escolha, o estudante deve estar preparado para os desafios que irá encontrar.

Veja as modalidades de cursos que os principais países que costumam receber estudantes oferecem:

 

High School permite morar e estudar no exterior

Essa opção dá o direito ao aluno frequentar o ensino médio no país escolhido. Então é importante que tenha um grau de conhecimento do idioma para que as aulas possam ser acompanhadas.

Geralmente, os alunos apresentam idades inferiores a 18 anos. Por isso, os pais devem preparar toda a documentação de autorização para que o estudante possa ingressar e morar legalmente durante o tempo de estudo.

 

Curso de idioma

 Realizar cursos de idiomas ou intercâmbio é a forma mais procurada, pois essa é uma ótima oportunidade de os estudantes terem a chance de morar e estudar fora do país de origem.

Além de estarem aprendendo um novo idioma, que poderá servir para questões profissionais e também de comunicação em outras viagens que podem ser realizadas.

Dependendo do tempo da estadia e também do país, o visto pode ser tirado no próprio aeroporto do local escolhido para o estudo. Mas é sempre bom ficar informado sobre as documentações necessárias para passar na imigração.

 

Graduação, pós-graduação, mestrado e outros

Ter a oportunidade de fazer faculdade fora do país é para poucos. Nesse caso, o processo pode ser um pouco mais trabalhoso e caro. O mesmo acontece com os demais cursos de especialização.

Uma pós-graduação, por exemplo, exige dispor de um grande valor financeiro . Alguns cursos oferecem moradia e uma refeição, mas isso não é uma regra.

 

Cursos rápidos 

Existem diversos cursos rápidos oferecidos tanto para jovens quanto para adultos. São de curta duração e garantem um certificado que pode ser utilizado no Brasil para alavancar a carreira.

Por mais que seja por um curto período de tempo, o estudante poderá sentir um pouco como é morar e estudar em um país totalmente diferente do Brasil.

 

Realização de estágio

Muitas empresas oferecem boas oportunidades de estágios aos estudantes das universidades brasileiras. Geralmente a instituição de ensino do Brasil possui algum convênio com alguma faculdade no exterior.

A duração do estágio pode variar bastante. Em média, o estudante pode passar de 4 meses até 1 ano realizando um trabalho dentro da sua própria área de estudo.

Essa modalidade, além de agregar muita experiência de vida, trará bagagem profissional essencial para que o aluno possa encarar o mercado de trabalho.

 

 

Conheça agora os 5 passos essenciais para morar e estudar no exterior

Agora que algumas modalidades de estudo fora do país foram apresentadas, você deve estar curioso para entender os passos para que isso se torne uma realidade.

É bom frisar que os tipos de oportunidades de estudos no exterior que foram apresentadas, não representam todas as possibilidades. Existem outras formas de estudar e também morar em outro país, como através de empregos ou para empreender.

Para que você possa entender e definir a dificuldade do que pode encontrar durante o processo de decisão até o dia da mudança.

Veja os cinco passos básicos para morar e estudar no exterior:

 

Defina qual será o motivo da sua mudança para outro país

O primeiro passo é definir qual o país será a nova casa e também qual tipo de curso será realizado. Já foi mostrado a infinidade de possibilidades que um estudante tem para morar e estudar no exterior.

É necessário ter essas definições em mente, para que o restante do processo possa começar a ser mapeado. É muito comum que aconteça mudanças de ideia no meio do processo, o que pode atrasar ainda mais a ida para o país escolhido.

Por isso, faça um estudo sobre as possibilidades e tenha a certeza sobre o que está buscando fora do país.

 

Defina a instituição que irá estudar e também o tipo de moradia

Definido o curso, chega o momento da definição da instituição de ensino e, consequentemente, a moradia. Como falado, em muitos casos, a própria instituição fornece a moradia, mas não é uma regra.

Alguns programas estudantis realizam todo esse trabalho, tanto da comunicação com a instituição quanto da escolha da moradia. Mas é sempre bom ficar atento para não passar aperto próximo do embarque.

Você poderá morar em casa de família ou residência estudantil.

 

Comece a preparar a documentação básica

A documentação é o ponto principal para que o brasileiro possa entrar legalmente no país para morar e estudar. A papelada varia de acordo com o país escolhido, curso e também tempo de permanência.

Passaporte, comprovações de renda, tradução juramentada de diploma e até apostila de Haia podem ser solicitados. O certo é buscar o máximo de informações nos órgãos responsáveis.

 

tradução de diplomas

 

Faça um levantamento sobre os gastos

 Faça um controle dos possíveis gastos durante o tempo de permanência no país. Você terá permissão para trabalhar também? Ou apenas estudar?

O ideal é que tenha dinheiro o suficiente para se bancar durante todo o tempo, fora uma reserva de emergência.

 

Prepare-se para a mudança

Esta etapa vai além de todas as partes burocráticas citadas. A mudança de país requer um controle emocional muito grande.  

Mas não desanime e siga em frente com esse sonho que tem grandes chances de trazer bons frutos.

 

4Doc – Gestão de documentos

A 4Doc é uma empresa especializada em gestão integrada em busca, tradução e apostilamento de Haia. Os trabalhos oferecidos serão essenciais tanto para graduados que desejam a validação do diploma no exterior quanto para quem está mudando de vez para o país.

Este tipo de trabalho deve ser sempre realizado por empresas capacitadas e que apresentem um grupo profissional com uma vasta experiência. Por isso, a 4Doc está preparada para realizar e entregar os trabalhos com maestria.

Deseja um orçamento de tradução juramentada? Entre em contato com a nossa equipe!

Compartilhe: